Category Dicas do Enólogo

De diversos tipos, safras e nacionalidades, o vinho se torna ainda mais prazeroso nesta época do ano por dar um sabor todo especial aos alimentos consumidos na Semana Santa e ainda agirem a favor da saúde de seus apreciadores. Repleta de qualidades, a bebida se torna tão especial devido, principalmente, aos polifenóis, capazes de combater os radicais livres que contribuem para o envelhecimento precoce do organismo.

Os componentes naturais presentes na uva ainda têm importante ação antibiótica, evitando o surgimento de problemas degenerativos como câncer, aterosclerose e artrite reumatoide. “Já foram identificados cerca de 200 polifenóis no vinho, que provêm de 90 a 95% das cascas e sementes das uvas”, informa Fernanda Osso, nutricionista e doutora em fisiopatologia clínica pela

Read More
O vinho modifica sutilmente suas características sensoriais e se estabiliza através de processos físico-químicos e microbiológicos que ocorrem sob a supervisão de enólogos, para atingir o máximo de qualidade em função do produto desejado. Muito embora se tenha a sensação de que o vinho está lá, no tanque, na barrica ou na garrafa, imóvel e/ou inativo, as transformações de cor, aroma e sabor seguem seu curso. Aspectos ambientais como temperatura e luz exigem atenção, pois têm a capacidade de acelerar as reações e, por conseqüência, de encurtar a vida do vinho.
Os aromas varietais (primários) passam de atores principais a precursores aromáticos, transformando-se em aromas de fermentação (secundários). Estes formarão o buquê final dos vinhos maduros (aromas terciários). Nenhum aroma é

Read More